8 altcoins que vale a pena conhecer

0 17

Que tal conhecer algumas altcoins menos populares, mas que já estão dando o que falar entre usuários e investidores? Então, continue a leitura e confira oito desses criptoativos!

1 – Avalanche (AVAX)

A Avalanche (AVAX), rede blockchain baseada em contratos inteligentes, busca resolver o trilema das criptomoedas: escalabilidade, descentralização e segurança.

Nesse sentido, ela leva imensa vantagem quando comparada às maiores criptomoedas – bitcoin (BTC) e ethereum (ETH). Enquanto o BTC e o ETH só podem processar, respectivamente, 7 e 13 transações por segundo (TPS), no caso da AVAX, esse número salta para mais de 4.500 TPS.

Outro ponto positivo dessa altcoin é o tempo de finalização das transações na rede. Isso porque a rede da AVAX leva menos de dois segundos para finalizar as transações, enquanto ETH leva 6 minutos e BTC, 60 minutos.

Por fim, os custos mais baixos da AVAX também são um bom motivo para que você conheça melhor essa altcoin.

2 – Zcash (ZEC)

A Zcash (ZEC) é um fork do bitcoin, e faz parte do grupo de criptomoedas que têm como foco a privacidade das transações.

Ao contrário do que muita gente pensa, as criptomoedas não são totalmente anônimas (nem mesmo o bitcoin). Esse é um dos diferenciais do sistema Zcash, ou seja, oferecer a possibilidade de escolha de anonimato, o que auxilia a conferir mais segurança às transações.

Outra vantagem são as taxas mais baixas, se comparadas às de muitas outras altcoins. Muitas vezes, essas taxas permanecem em centavos, mesmo quando há muitos usuários na rede e o tráfego do blockchain apresenta congestionamentos.

3 – Algorand (ALGO)

A Algorand (ALGO) é uma rede blockchain de código aberto e descentralizada. Essa altcoin surgiu com o propósito principal de dar mais velocidade com segurança aos aplicativos DeFi.

Dessa forma, a rede da ALGO é aberta a todos os que desejam fazer parte dela, dentro de um ecossistema que fomenta projetos e aplicações descentralizadas. Outro ponto importante da criptomoeda é o compromisso com a sustentabilidade, assumido por seu criador, Silvio Micali, em 2018. Nesse sentido, o trabalho dos desenvolvedores da ALGO vai contra o consumo exorbitante de energia do bitcoin e de outras criptomoedas

4 – Filecoin (FIL)

A proposta da do projeto Filecoin (FIL) é bastante inovadora, pois funciona como uma computação em nuvem. Na prática, trata-se de um sistema de armazenamento digital de informações do tipo peer-to-peer que roda a partir de uma blockchain própria.

Hoje em dia, o mercado de armazenamento em nuvem é dominado por gigantes como Dell, Amazon, HPE, entre outras. Ou seja, não existe muita concorrência nesse mercado, pois normalmente as empresas não trocam de fornecedor (ao menos, por um bom tempo) depois de escolherem um. É justamente isso o que a FIL se propõe a fazer: oferecer às pessoas que buscam armazenamento a chance de encontrarem as melhores ofertas, independentemente de quem seja o provedor do serviço. Dessa forma, consegue-se quebrar um pouco o monopólio desse setor.

Com a descentralização, os usuários passam a tomar conta dos próprios dados. E isso também ajuda a tornar a internet mais acessível para pessoas em todo o mundo.

5 – Velas (VLX)

A Velas (VLX) utiliza o mesmo protocolo da Solana (SOL), porém tenta melhorá-lo, ao permitir que, por exemplo, os contratos inteligentes gerados na ethereum possam ser rodados na rede Velas.

De certa forma, a VLX acaba sendo uma concorrente da Solana. Um dos pontos positivos dessa altcoin são os investidores envolvidos no projeto. Entre eles, estão a própria Solana e a CoinPayments, além de grandes fundos de investimentos.

6 – Polygon (MATIC)

Basicamente, Polygon (MATIC) é um utility token, ou seja, um tipo de criptoativo que pode ser utilizado para ter acesso a determinado produto ou serviço.

Essa altcoin foi desenvolvida base na blockchain da ethereum, com o objetivo de melhorar a escalabilidade da rede. A velocidade de suas transações é uma das principais vantagens apontadas pelos usuários.

Em 2021, o token MATIC ficou entre os criptoativos que mais se valorizaram no mundo. Inclusive, chegou a figurar na lista dos 15 mais negociados.

7 – Cosmos (ATOM)

A ATOM é a criptomoeda oficial da plataforma Cosmos. Trata-se de mais um projeto criado com a finalidade de otimizar blockchains mais lentas, caras e pouco escaláveis, como o próprio Bitcoin.

Por isso, o proposito principal da plataforma é criar uma rede que proporcione a interoperabilidade de diversas blockchains, funcionando como uma internet desses sistemas. Para isso, foi desenvolvido o protocolo IBC, que faz a comunicação entre diferentes redes descentralizadas.

Esse protocolo possibilita transações mais baratas e velozes. Segundo o site oficial do projeto Cosmos, o tempo médio de confirmação das transações da rede é de 7 segundos, o que a torna uma das redes blockchain mais rápidas do universo das criptomoedas.

8 – VeChain (VET)

Outra altcoin com projeto original e interessante é a VeChain (VET). Ela foi criada para implementar a tecnologia blockchain na cadeia de suprimentos (supply chain) de grandes companhias. Isso significa que a sua atuação abrange a produção, logística e verificação e autenticidade dos produtos dessas empresas.

Ainda hoje, muito se enfrentam problemas de falsificações de diversos itens, como vestuário, acessórios, bebidas, automotivos, tecnologia, e assim por diante. É justamente isso que a VeChain tenta resolver. Por meio dela, pode-se rastrear tudo o que aconteceu com um produto, desde a sua criação até a entrega ao comprador, inclusive verificando se a negociação da mercadoria é lícita ou não.

Por exemplo, digamos que você tenha adquirido um relógio de marca, por exemplo. Por meio de um QR Code, é possível rastrear todo o percurso do relógio até a chegada em suas mãos. Dessa forma, você consegue saber se o produto é autêntico, ou se foi falsificado ou roubado.

Fonte: Blog do Yubb

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais